sábado, 30 de agosto de 2008

SOU ROQUEIRO ATÉ O FIM... E DEPOIS TAMBÉM!


O que é ser roqueiro?

Falo isso apenas por mim, porque essa é minha opinião!
Ser roqueiro é um estilo de vida...
Ser roqueiro é ter liberdade de fazer o que quiser...
Ser roqueiro é ter atitude...
Ser roqueiro é vibrar quando ouve-se um solo de guitarrra...
Ser roqueiro é liberar o rebelde de dentro de nós...
Ser roqueiro é fazer da vida um pouco mais alegre e barulhenta!
Ser roqueiro é ser roqueiro PORRA!

Ainda há pessoas que criticam, rotulam, acham estranho, viram a cara e coisas do tipo. Mas pra mim, ser roqueiro é poder liberar a fúria guardada e acumulada de dentro da gente. Liberar o fantasma dos problemas do nosso cotidiano...
Ouço muita bobagem das pessoas que não conhecem o movimento Rock'n Roll. Que o rock é coisa do capeta! Rock é coisa pra doido! Coisas desse tipo sempre foram pregadas sobre as bandas. Muitas delas, pegam essa coisa que rock é coisa do capeta apenas para fazer média com o povo. Somente para chamar a atenção! Que besteira.
Comecei a curtir rock aos 16 anos. Como todo bom roqueiro que se preze... Eu também aderí a moda da camiseta preta com a banda do coração estampada no peito orgulhoso. Aquele jeans apertado, rasgado e surrado. Tênis branco ou o velho e bom All Star! Alguns gostavam de fazer tatoos, andar de coturno, cinto com fivela de soco-inglês, a velha jaqueta jeans, munhequeira preta no braço, uma corrente que prendia a chave de casa na calça.

Reunir os amigos era o melhor, colocar um CD de rock e curtir a noite inteira, seja na frente da casa de alguém, seja dentro ou em qualquer lugar que tenha algo barulhento pra ouvir. Discutíamos sobre as bandas novas ou bandas velhas, maior zoeira... Comprávamos sempre aquele "novo CD da banda favorita" quando era lançamento! Sempre tínhamos sonho de fazer uma banda e tocar as músicas de nossos ídolos. Eu confesso que tive uma guitarra e comecei a fazer aula. Era uma guitarra da marca Samick modelo coreana. Me arrependo de ter vendido ela... Mas tinha que estudar e trabalhar! Pensando bem foi melhor sim... (Risos).
Lembro-me que eu sempre contava uma história sobre Jesus (desculpem-me sobre isso à aqueles que se ofenderem com essa parte), mas era bem humorada. Eu contava pras pessoas que Jesus foi o primeiro roqueiro que existiu porque era cabeludo, tinha cavanhaque e era considerado um rebelde diante das autoridades da época! Jesus tinha a banda dele que chamava-se "Jesus e os Apóstolos". Mas a banda tinha acabado porque Judas se vendeu a mídia! Hahahahahahahahahahahahahahahaha!
Eu particularmente, nunca fui fã da parte "exagerada do mundo do rock"... Bebedeiras, badernagem, percing por toda parte do corpo, encher o corpo de tatoo, drogas... enfim... Sempre fui um roqueiro caretão!


AMO O ROCK... MAS ELE NÃO ME CONSOME! ENTENDE?

Solos de guitarra, bateria pesada, vocal rasgado e agresivo... Isso é rock do bom!

Hoje não tenho mais o estilo visual de um roqueiro. O tempo vai passando, o trabalho toma grande parte de nossa vida, mudamos conceitos, guardamos as velhas camisetas pretas e damos lugar a camisa social. Camisa social de alguém que colocou a cabeça no lugar e pensou no futuro.

Hoje ao passear pelas ruas, sempre encontrarei um adolescente rebelde, com uma camiseta preta do Metallica, Iron Maiden, Kiss ou seja lá qual for a banda do momento... Sempre vou olhar e sorrir... Porque sei que aquele adolescente era eu em algum lugar no tempo deixado para trás.

O VISUAL SOME... MAS A ATITUDE FICA!

Poucas pessoas poderiam entender o que é gostar desse maravilhoso barulho. Nunca poderei deixar de explicar o que é ouvir o bom e velho rock'n roll sem deixar de sorrir.
Hoje eu curto outras tipos de música... mas meu preferido é o rock.


Escrito por Franciney A.L. (Eternamente um roqueiro!)

Um comentário:

deia disse...

KKKK Banda Jesus e seus apostolos foi o pior kkkkkkkkkkkkkkkk....
Ahhhhhhhhh adorei o bonequinho fazendo iurruuuuuuuuuuu...
so vc mesmo....