sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A NOITE É MEU DIA...


Sempre gostei da noite! Ela me fascina e me acalma. Cada dia que passa, procuro ficar mais tempo acordado e na maioria das vezes, em frente do computador. Teclar, ver sites, ler recados, enviar emails, postar em meu Blog e outras coisas típicas de um internauta como eu (risos), fazem parte da minha rotina noturna.
Acho que esse amor pela noite começou por causa do meu trabalho. Como meu turno de trabalho é no período da tarde (trabalho como químico) e chego somente meia-noite em casa, isso se tornou uma espécie de terapia noturna. Ficar acordado me faz bem... Porque me tranqüiliza e me deixa feliz. Todo o silêncio em minha volta e somente o barulho do teclado no ambiente me acalma a alma.

Gosto do silêncio. Gosto de estar à vontade para fazer as coisas e a noite me proporciona isso. Durante o dia é aquele barulho na rua, a televisão em casa, as vizinhas ou o meu cachorro latindo no portão (risos), é muito barulho... Adoro o silêncio!

Não a nada melhor do que sentir o silêncio da noite em sua grandeza... Ou então sair, observar as estrelas e apreciá-las. Muitas pessoas adoram caminhar a noite, curtir um roda de amigos e conversar.

Até nos tempos de criança, quando eu e meus antigos amigos (saudades), pegávamos algumas madeiras velhas, fazíamos uma fogueira e todos em volta dela a noite, conversando, dando risadas, assando batatas para comer... Tempos de criança é tão bom... Isso tudo sempre fazia a noite valer a pena! Sem esquecer das histórias de terror, que as vezes, as pessoas mais velhas contavam. Fico feliz só de lembrar de momentos assim...

Enquanto a maioria das pessoas buscam a noite para o descanso, depois de um dia longo de trabalho, outras saem ou permanecem acordadas (assim como eu), para fazer da noite o seu dia!

A NOITE É MEU DIA!

A noite é o berço dos poetas... É no silêncio que o mundo se transforma!

Escrito por FRAN... "O Samurai"

3 comentários:

Átila Siqueira. disse...

Ou também sou um notivago, e vivo durante a noite e durmo durante o dia. Logo, também sou poeta, já que a noite é nosso berço, como tu disseste sabiamente.

Eu amo a noite, o silêncio, a paz para poder escrever, o sussego para poder ler. Tudo isso é muito bom, e te dou total razão.

Quero te agradecer a visita no meu blog, e dizer que como tu, eu sou um romântico incorrigível também.

Parabéns pelo seu blog, ele é muito bom, e vou colocar um link nele para o meu e falar dele para todo mundo, porque esse seu espaço me agradou demais.

Volte sempre ao meu blog, tu és meu convidado.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Andreia disse...

Sim, á noite é fascinante . Princípalmente uma bela noite enluarada e com belas estrelas cíntilando no firmamento.
Noites como essas fazem surgir em coraçoes poetas a mais bela melodia , o mais belo verso , a mais bela cançao que so um coraçao poeta pode senti-la em seu total esplendor.
A lua me fascina , as estrelas me enfeitição e o silencio da noite sempre nos chama á : reflexão e a calma .
Ou a agitação e agonia quando nao estamos bem.
Infelizmente até pelo fato de eu acordar de madrugada kkkk durmo muito cedo e sou uma mulher do dia.
Sou Leonina regida pelo sol...
E o sol brilhando me traz alegria e energias.
Mais com certeza nada como a noite e o seu silencio para um grande poeta divagar em seus mais tenros e queridos versos bem escritos e principalmente sentidos .
A vida é uma eterna poesia um eterno poema por onde a brisa suave ou o vento turbulento nos despertao sentimentos e sensaçoes.
Parabens Amor mais uma postagem bem bacana sobre um pouquinho de voce ...

Átila Siqueira. disse...

Oi meu caro amigo, agradeço as suas palavras lá no meu blog, e digo que já consegui resolver o contratempo, e o livro Vale dos Elfos deve sair segunda ou terça feira.

Ele é sim no estilo senhor dos anéis. Bem épico, com heróis, criaturas fantásticas e tudo o mais que tu puderes imaginar.

Obrigado pela visita no meu blog, e obrigado pelo apoio e pelo interesse no meu livro.

Quero dizer também que adorei o samurai na entrada do seu blog. Tem um guerreiro parecido com aquele no meu livro, mas ele ainda não aparece nesse volume que será lançado agora, só nos próximos. Mas pelo jeito acho que a história vai te agradar.

Esteja convidado a voltar ao meu blog quando quiser. E quando o livro sair eu te aviso. Obrigado também por colocar meu link aqui, fico lisongeado.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.