terça-feira, 19 de abril de 2011

AMIZADE POR UM FIO...


Vivemos em uma época que as pessoas preferem carregar um celular 3G ou um netbook para um barzinho (como amigo) para trocar idéias com gente virtualmente. Hoje vemos muito disso, soa até normal, mas penso na parte ruim de tudo isso.

Vejo um futuro de solidão para muitas pessoas, onde viveremos conectados a ele por um mero fio de telefone, onde faltará aquelas alegres reuniões entre amigos para matar a saudade, pois essa saudade é sanada por uma twittada, um email sem calor humano, ou por qualquer outras mensagens dessas redes sociais que te fazem socializar com uma máquina.

Talvez seja por isso que detesto meios de comunicação virtual. Gosto de reunir pessoas e conversar olhando cara-a-cara, dar um abraço, rir junto das bobagens da vida sem ter que ficar digitando nesse teclado como estou fazendo agora para explicar situações, discutir coisas ou para tentar fazer meu grande amigo entender sobre coisas da vida.

Fiquei um bom tempo sem blogar para ter uma experiência de "NÃO ESTAR CONECTADO", viver o mundo sem precisar de internet. Fiquei um pouco mais de um ano sem isso. Andei pra lá e pra cá, me sentia muito bem comigo mesmo... Voltei a blogar novamente, mas com uma visão diferente das coisas. Como muitos que conheço, não sou mais escravo da máquina como me sentia antes, agora a uso para uma pequena pesquisa ou para um passatempo qualquer, mas não como estilo de vida.

E como ficam vários outros? Crianças trancadas em seus quartos vivenciando aquele mundinho secreto, adolescentes que não conseguem socializar com os demais de sua idade, adultos que entram em depressão por carregarem o fardo das várias responsabilidades que o mundo vos presenteia e encontram no computador uma válvula de escape para poder se sentirem melhor. Como serão a vida deles?

Tudo que é demais realmente não é bom pra saúde!

Esses dias um grande amigo meu me disse que estava com saudades, pois fazia tempo que não me via! Pensei comigo mesmo... POXA! Moramos no mesmo estado, na mesma cidade, quase no mesmo bairro e a 10 minutos caminhando de uma casa a outra e ele diz que está com muitas saudades, como se eu morasse do outro lado do mundo!

PUTA QUE O PARIU NÉ!
VEM NA MINHA CASA CACETE!

Escrito por FRAN - "O Samurai".

6 comentários:

Vivian disse...

...Fram meu querido amigo,
eu penso que nem tanto ao
céu, nem tanto a terra.

e estas palavras servem de
parâmetro para este teu
post.

neste mundo tão vasto, nesta
era repleta modernidade,
é claro que o computador
tem seu lugar especial,
desde que entendamos que
nada substitui o olho
no olho, o calor de um
abraço apertado, o som
das risadas entre amigos,
e por aí vai.

se não fosse a era digital
estes cabos coaxiais que nos
ligam ao mundo virtual, quantos
amigos, pessoas, almas lindas
deixaríamos de conhecer?

daí para torna-se real,
basta a vontade recíproca,
ou não...

bj, meu querido!

Andréia disse...

Bom Dia Amor !!

Tudo deve ter seu meio termo!!
Nada em demasia pode surtur algo positivo.
Mas venhamos e convenhamos se não fosse a net não teriamos no conhecido rs rs.
Quanto ao seu Grande amigo dizer que esta comsaudades rsrs.
Fala para ele criar vergonha na cara também e ir te visitar rs rs

Beijos querido

Vivian disse...

...olá moço!!

uma felicíssima Páscoa regada
a muita paz, é o que o meu
coração neste momento
deseja à você, e a
todos os seus
amores.

beijos!!

Andréia disse...

Te Amo Tanto =D

Diego! disse...

entendo o que diz no texto, mas faço tudo que faria sem conexão ....levo uma vida bem normal e adoro isso das interações virtuais.

até

Paula Barros disse...

Mais de dois anos e a comunicação virtual está mais presente, e os amigos (em alguns casos) mais ausentes. Atualmente o que mais se vê são pessoas em festas, restaurantes, com celulares nas mãos.